Arte e Engenho

Na construção do barril a dicotomia fogo e água são elementos fundamentais na moldagem da madeira como de barro se tratasse.

À volta de um braseiro a dureza da madeira começa forçosamente a dobrar-se. Esta é cortada em ripas formando as aduelas. Com a temperatura muito perto da combustão são moldadas e começam a ceder. Eis que a água, através da mão do homem, numa vassoura de trapo molhado, salpica a madeira salvando-a da combustão.

As aduelas presas a um aro, com a ajuda de um macaco mecânico, unidas à volta do fogo, são moldadas lentamente com a curva necessária para a formação do barril.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.